Renault Sandero

17 09 2007

16492.jpg

Quase sem alarde a Renault apresentou o Sandero, carro fabricado no Brasil e que começa a ser vendido em dezembro. O Sandero é um hatch de 4 portas com motores 1.0 e 1.6, com motor 1.0 competirá no segmento de compactos-premium menores como o VW Fox, seu principal adversario, Corsa hatch, Fiesta e outros na casa dos R$ 30.000 e sua versão 1.6 chegará a competir com compactos-premium maiores como Polo e o novo Punto.

Esse é o quarto modelo de um total de seis novos automóveis que serão lançados no País até 2009 dentro da estratégia do Renault Mercosul Contrato 2009, vindo juntar-se ao Mégane, Mégane Grand Tour e o Logan. O novo projeto faz parte de um investimento total de US$ 360 milhões no Brasil, assim como o Logan será montado em São José dos Pinhais-PR  e sua plataforma além do Logan e do próprio Sandero, terá ainda mais um novo modelo montado no País, com lançamento previsto até 2009.

Com início da comercialização previsto para dezembro no mercado brasileiro, o Sandero se apresenta como um hatch moderno, dinamico e robusto. Seu desenho reforça a idéia de robustez em todos os angulos que olharem.

O estilo adotado na traseira do Sandero confirma a impressão de um veículo confortável e de grandes proporções. No interior do habitáculo, o painel de instrumentos foi desenvolvido para mesclar modernidade e funcionalidade. A ergonomia dos comandos e a facilidade de leitura das informações apresentadas no quadro de instrumentos são alguns dos pontos positivos do interior do novo modelo.
Como no Logan o Sandero se caracteriza por possuir generosas medidas internas e externas, como os 4,02 m de comprimento e porta-malas com capacidade para transportar 320 litros. Contacom um entre eixos de 2,59 m,deixando ele com dimensões de carro de segmentos superiores e na frente tambem conta com um espaço generoso.

Na traseira, o Sandero possui 878 mm de altura entre o assento e o teto, diferenciando-se dos seus concorrentes diretos. Esta característica, aliada a um banco com largura superior aos dos carros do seu segmento, garante espaço suficiente para transportar três adultos sem aperto no banco traseiro. A ótima habitabilidade para os passageiros dos assentos traseiros é combinada com uma excelente acessibilidade, graças ao amplo ângulo de abertura das portas de até 67°. Algumas versões do Sandero terão encostos dos bancos traseiros rebatíveis 1/3 – 2/3, permitindo a acomodação de bagagens de grandes dimensões.
Para o mercado brasileiro, o Sandero estará disponível em três opções de motorizações bicombustível: as já conhecidas 1.0 e 1.6 litro, ambas 16V Hi-Flex (utilizadas nos modelos Clio e Logan, por exemplo) e o novo propulsor 1.6 8V Hi-Torque bicombustível, inédito na gama Renault no País e que fará sua estréia no Logan, a partir de novembro.
Essas três motorizações bicombustíveis foram 100% desenvolvidas pela Renault do Brasil e são reconhecidas pelo mercado por conciliar ótimo desempenho com baixo consumo de combustível. Além disso, eles são um dos poucos propulsores nacionais de série a trabalhar com gasolina pura ou qualquer proporção de alcool em sua mistura.

Anúncios